O MUNDO EMPRESARIAL HOJE

 

Quais são os maiores problemas das empresas hoje, olhando um mercado em constante em transformação.

 

Quando as empresas hoje na sua maioria olham pelo retrovisor do tempo, enxerga sucesso, crescimento e a reboque excessos e desperdícios.

 

Agora, hoje, problemas comuns daquela época podem ter resultados catastróficos em uma organização não preparada.

Quais seriam os problemas então?

  • Demora na percepção às transformações do mercado.
  • Manutenção do mesmo padrão, sem inovações e sem a modernização e a introdução de produtos competitivos.
  • Funcionários desconectados das necessidades de respostas impostas por um mercado de alta competitividade.
  • Recrutamento e Seleção inadequada para atender um mundo em mudança.
  • Estrutura de custos não competitiva.
  • Qualidade dos produtos e serviços não atendendo às expectativas dos Clientes.
  • Pós-venda inexistente, não ouvindo a voz do Cliente.

Essa demanda desbalanceada, oculta e ofuscada pelo crescimento das empresas perdura ainda hoje, acompanhado de um sentimento de que se deu certo ontem por que não daria hoje.

A inovação, o controle dos custos, a moral dos funcionários, a competência instalada através de planos de treinamento, e a busca incessante da excelência em todas as áreas da empresa, a transforma em uma organização de alta competitividade um mercado competitivo.

 

Alguns aspectos que devemos considerar quando mantemos o “status quo” :

  1. Sistema gerencial inadequado e/ou ultrapassado.
  2. A disseminação funcional dos valores e objetivos da empresa.
  3. Uma força de vendas alinhada com todo planejamento estratégico da empresa
  4. A geração de três polos separados entre si, fornecedores, a empresa e seus Clientes.

 

Quando analisamos estes aspectos verificamos que:

 

  1. A competência do corpo gerencial é essencial para o sucesso contemporâneo da empresa, um corpo gerencial treinado e atualizado com as premissas de um mercado em ebulição.
  2. A competência extrapola o conhecimento técnico, hoje, precisamos da competência relacional, fazendo com que cada pessoal na empresa se sinta participante de cada fase dos processos, mesmo sendo ela o repositor de peças na produção, ou outro funcionário de áreas não relacionadas com o produto ou o serviço em si.  
  3. Disseminação dos valores e dos objetivos da empresa passa por informar, comunicar, explicar, reunir, enfatizar até que todos saibam qual é a sua verdadeira função dentro da organização, daí e só daí é que os problemas começarão a desaparecer, a produtividade aumenta, a organização se torna mais flexível e adaptável com sua capacidade de resposta às necessidades de seus clientes em tempo, com a qualidade e com custo ideais e competitivos.
  4. Toda Organização necessariamente tem que desenvolver seu plano estratégico, montando cenários de crescimento e desenvolvimento de produtos e serviços ao longo do tempo. A força de vendas com suas informações de concorrência e mercado devem participar e contribuir para o desenvolvimento do plano estratégico. Este depois de desenvolvido e aprovado deve ser disseminado a exaustão. (reuniões de acompanhamento devem ser realizadas para possíveis ajustes)
  5. Os fornecedores e os seus Clientes não são e não podem ser considerados apêndices, pois os mesmos são partes de um mesmo processo (Fornecedores=matéria prima – processo de transformação – entrega produto final ao Cliente), resumindo temos: Fornecedores – atividades de transformação – Cliente

Eles devem ter o sentimento que estão dentro do processo e são prestigiados devido a isso.

Quais seriam as prescrições para uma empresa estar preparada para enfrentar um novo ciclo de crescimento após alguns anos de ociosidade e muito provável obsolescência de produtos e serviços:

  • Treine seus funcionários, desenvolva um plano de treinamento abrangente. (Técnico, relacional, comunicação, liderança entre outros)
  • Revise seus processos, inove, crie, recicle, faça seu produto e/ou seu serviço com métodos inovativos, documente, faça mais rápido, faça melhor, faça com qualidade e faca com custo competitivo.
  • Desenvolva planos e os acompanhe, não tenha medo de mudar, mude, implemente, revise, mude novamente o novo será o sucesso do futuro.
  • Prestigie seus parceiros, seus fornecedores, seus funcionários e lógico, seus Clientes.
  • Invista nas mudanças e muito mais nas pessoas, pessoas desenvolvem planos, tecnologia, estratégias, negociam contratos, produzem os produtos e/ou serviços, delas e por elas organizações crescem ou desaparecem.

 

Você executivo, empresário, presidente de organização só pode decidir o que fazer ou qual o caminho a seguir, tudo é uma questão de escolha.

Assine nossa Newsletter

1-desenvolvido_por.jpg

Please publish modules in offcanvas position.